quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Eu tô puto porque não fui na Campus Party.

Campus Party 2012

    E aí, beleza? Então, esses dias foram difíceis. Mais especificamente, os dias em que aconteceu o principal evento de tecnologia do Brasil, a Campus Party. Mais porque foram difíceis? Simples, porque eu não fui (risos). Isso me deixou louco por uma semana que parecia não ter fim. Sem falar, que duas amigas foram para o evento e ficavam postando fotos e mais fotos no facebook. Espalhando os fatos que estavam vivenciando por lá, via twitter. Ou seja, não tinha pra onde correr. Eu sempre me deparava com essas coisas que me deixavam cada vez mais louco. Queria muito ter ido, mas tava sem grana (o que não é novidade). Então apelei para os sorteios que sempre ocorriam nas redes sociais. Mas também não tive sorte P@#$%ALHO (risos). Resumindo, não fui. Ainda bem que não compartilhei essa frustração sozinho, meu amigo Leandro Freire do blog Faltou Mana, passou pelo mesmo (risos).

    O lado bom, é que essas duas amigas trouxeram muitas novidades. Ah, e lembrancinhas também. Inclusive, deixa eu me gabar um pouco por ter o autógrafo de nada mais nada menos que Alexandre Ottoni, o Jovem Nerd, e Dave Pazos, o Azaghal. Esses dois podcasters do NerdCast que são meus ídolos.

Autógrafo do Jovem Nerd e do Azaghal

    Ahhhhhhhh!!! Sem comentários. Valeu Mari. Ops! Deixa minha empolgação pra lá (risos). Voltando, não podia deixar de falar que uma das grandes novidades é que agora eu também sou um podcaster. Isso mesmo! Eu e uns amigos loucos, Ricardo Veiga e Rodrigo Oishi resolvemos gravar um podcast que chama PUTOCAST (risos). Gravamos o primeiro PutoCast com Leandro Freire e uma galerinha curtiu. Logo adotamos o Leandro como um Putocaster, já que ele tem todos os requisitos de um puto (risos). Mas enfim, vou postar o PutoCast 001 logo abaixo para que você ouça, goste e espalhe por aí. Assim espero (risos). Ah, e curta também a Fan page no facebook e espalhe a hashtag #EuToPuto, no twitter. Dizendo qualquer coisa pela qual você está puto(a) no momento. É isso aí. OUÇA!!!

PutoCast 001 com Leandro Freire.


Ah, e aguarde o PutoCast 002 com as campuseiras Giovana Cabral e Mariane Gaspareto. Abração. E como eu sempre digo aqui:

Que a força esteja com você, porque dinheiro, tá difícil! ;)

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Uma coleção pode durar para sempre. Um casamento não.

Coleção de Action Figures no Toy and Action Figure Museum em Pauls Valley, Oklahoma.
(Clique na imagem para ampliar)

    E aí, Beleza galera. Demorei mas voltei. E nesse post quero falar sobre uma coisa que eu acho que todos vocês já fizeram na vida. Coleções. Pelo menos eu acho que fizeram né (risos). Enfim, eu já colecionei muita coisa, ou tentei colecionar. Já que hoje não tenho quase nada das coisas que já colecionei. Tazos, por exemplo, quem nessa época nunca comprou Cheetos só por causa dos tazos? Quem já colecionou figurinhas de álbuns, geloucos da coca-cola, HQ's entre outras coisas? E aquelas figuras dos chocolates Surpresa. Eu já colecionei isso e mais um monte de outras coisas. Nossa, eu tinha até o álbum da coleção Dinossauros. Adorava colecionar coisas. 
    Não mais falando de mim, várias pessoas colecionam coisas, das mais simples as mais bizarras. Tem gente que coleciona latinhas de bebidas, moedas e cédulas, relógios, óculos, selos postais, embalagens de cigarro, etc. Na internet você também acha uns malucos que colecionam coisas bizarras, como barras de sabão, fios de cabelo de celebridades e daí em diante só piora.
    Agora o meu grande sonho se tratando de coleções, a qual eu não citei nos exemplos anteriores. São ACTION FIGURES. Só de falar essas palavras, meu olhos brilham (risos). Pra quem não sabe, action figures que significa figuras de ação, são miniaturas de personagens geralmente de vídeo games, filmes, etc. Um bom exemplo são as miniaturas de super heróis. Esse termo começou com os famosos G.I Joe, aqui no Brasil conhecidos como Comandos em Ação. Um blog que sempre vejo pra ficar babando com Action Figures é o Blog de Brinquedos. Procurem no Mr. Google. Não tem só Action Figures lá, mas é grande maioria. 
    Nossa, me bateu um momento nostálgico agora da época que eu esperava o Natal só pra ganhar um boneco dos Comandos em Ação. Se eu não brincasse de guerra com eles, e não enterrasse os coitados no quintal da minha casa na época, eu poderia ter a coleção toda hoje. Porque eu ganhava tudo dos Cobras, e meu irmão, tudo dos G.I Joes. Nessa época o Natal era bom e eu não sabia (risos).
    Agora, outro motivo desse post, foi a minha indignação ao encontrar hoje na internet, a notícia de uma mulher que jogou a coleção inteira de Action Figures Star Wars do marido no LIXO. Put a keep are you!!! O cara deve tá viúvo essas horas. Porque eu matava uma desgraçada dessas (risos). Se liga no tamanho da coleção:

Coleção de Action Figures Star Wars
(Clique na imagem para ampliar)

    Agora me diz, se essa mulher merece viver (risos). Tem uma fortuna aí, e não é só a questão do dinheiro. Quem coleciona, sabe o valor que tem sua coleção. Pro colecionador, chega a ser um valor sentimental. Imaginem a reação do cara, ao não encontrar uma coleção dessas no devido lugar. Nossa! Correndo o risco de perder tudo isso, pro primeiro andarilho que revirasse o lixo na esquina. Eu queria ser esse andarilho (risos). Mas pelo que li sobre essa notícia, o cara conseguiu recuperar tudo de volta. Que sorte. E eu espero que ele tenha matado o ser que fez uma coisa dessas. De verdade (risos).
    É isso galera, espero que tenham gostado do post. Espero que comentem, me digam se já colecionaram algo, o que colecionaram, o que queriam colecionar, por mais que seja um sonho de consumo assim como o meu por Action Figures. Que não passa de um sonho, porque como todos já sabem. Eu não tenho grana. Sem falar que no Brasil, action figures são super caros. Mas não custa nada gostar né. Então comentem sobre isso. Compartilhem comigo suas histórias sobre coleções. E...

...Que a força esteja com você, porque dinheiro, tá difícil! ;)


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Sobreviva à Ameaça Alienígena.


      E aí. Pois é, voltei. Coisas legais que nos deixam loucos para comprá-las, aparecem todos os dias. Hoje venho falar de literatura. E uma ótima leitura para quem assim como eu, gosta de ufologia. É o Protocolo Bluehand: Alienígenas. Que é um manual de sobrevivência contra a ameaça alienígena. Não, é contra à ameaça zumbi. Derp! (risos). Fantástico né (risos). Sim, eu me empolgo, e como sempre, estou louco para comprar. Mas como já sabem. Não tenho grana. Porém ele não está caro para um livro desse potencial. O livro foi escrito por Eduardo Spohr, autor de A Batalha do Apocalipse e Filhos do Éden. E pelos nerdcasters Alexandre Ottoni (Allotoni) e Deive Pazos (Azaghal).
      Nossa, alguém vai ter que comprar esse livro pra mim, Natal chegando e tals. Vou ter que dar um golpe aqui em casa pra adquirir essa belezura. E se virem para procurar o link de venda, porque eu não vou aumentar a minha concorrência, já que parece ser um livro que vai bater recordes de venda nesse natal, e logo logo estará esgotado. Sem falar que eu ainda tenho que ter alguma ideia mirabolante de como conseguirei comprá-lo. Já que eu ter a grana, é a última opção. Opção fora de cogitação. Enfim, quem tem grana, e gosta de uma boa leitura compra esse livro. Você não vai se arrepender. Quem não tem grana, faz que nem eu, sonha com a hipótese de que alguém vai te dar ele de presente, ou sei lá. Assalta um banco (risos).

Que a força esteja com você, porque dinheiro, tá difícil! ;)

Por mais forte que seja, você está aqui...


      Pois bem, meu nome é Bruno Rosal. Sou mais uma alma perdida, vítima da insônia e vagando pelas madrugadas internéticas da vida. E mais uma também, que na falta do que fazer, cria um blog. Aham, porque eu não sou o único que faz isso, óbvio. Mas o motivo pelo qual criei este blog, não é algo que me deixa feliz. Pelo contrário, é triste (risos). Tal motivo esse, que não me permite ter um quarto legal assim, como esse desta foto acima. Ou tal motivo esse, que não me deixa ter um console pra jogar os games de ultima geração que eu tanto queria. Não que eu esteja reclamando dos ROM's e emuladores. E das reuniões na casa dos amigos. Eles me salvam.
      Enfim, motivo esse, que não deixa eu comprar todos os livros que quero ler. Sim, eu quero ler vários livros. Tá, tem os e-books e tals. Mas falar em E-book me lembra Ipad, Iphone e afins. E droga, isso me leva ao tal motivo, que não me permite também comprar essas coisas. Eu amo fotografia, mas tenho uma câmera? Não. Mas porquê? (risos). Claro que eu sei como reverter essa situação. Rá! É só trabalhar. Mas como trabalhar se eu faço curso técnico em Edificações a tarde e faculdade de publicidade a noite? Ou seja, estudo em período integral. Ah rá! Já sei. Me cadastro no seeding da boo-box e ganho grana anunciando no meu twitter, simples. É, até que tem uma graninha lá pra eu receber. Mas não dá pra eu comprar uma câmera. Nem um Iphone, nem um Ipad. Nem um Inada. Nossa, eu amo desenhar. Fazer umas ilustrações legais, até consegui adquirir uma tablet. É a mais simples saca, mas dá pro gasto. Gasto? Que gasto? Nem tenho o que gastar. Com certeza essa tablet eu ganhei. Mas então, falando nisso a Wacom lançou a Cintiq 24 hd a uns tempos atrás. Mas hã, o que eu tava falando mesmo? É melhor mudar de assunto, porque essa belezura aí, não foi feita pra mim não.
      Resumindo galera, vocês não são idiotas e já sabem do que eu tô falando né? Eu tô apresentando esse blog, criado para compartilhar, minhas indignações, frustrações e tritezas com vocês. Nossa! Animador né? (risos). Mas enfim, o motivo disso tudo vocês já sabem. É a minha, a sua, a nossa FALTA DE GRANA. Porque eu não devo ser a única pessoa sonhadora que quer várias coisas caras e não tem grana pra comprá-las. As pessoas sempre me falam: "Nossa Bruno, você é tão empolgado falando dessas coisas que você quer e tals. É tão inteligente." E eu falo: Se empolgar e sonhar é coisa pra quem não tem grana pra ter essas coisas (risos). Então mulheres que procuram um cara rico. Esse cara não sou eu (risos). Por hoje é isso. Vamos ver o que sai. E como diria a banda Dead Fish "por mais forte que seja, você está aqui, dinheiro". Aqui? Onde? Aqui ele não tá não (risos).

Que a força esteja com você, porque dinheiro, tá difícil! ;)